Longa-metragem com apoio da ESPM

Rogério Rodrigues, ex-aluno do Curso Avançado de Produção Audiovisual Publicitária da ESPM, vai dirigir um longa. Sim, um longa-metragem! Vem com a gente conhecer um pouquinho desta história.

Segundo Rogério, a ideia de fazer um trabalho deste tipo deu seu primeiro sinal de vida ainda lááá em sua passagem pela Co.De. (em 2007) e pelo Núcleo de Áudio e Vídeo (entre 2008 e 2009). Tudo isso, claro, culminou em seu período como aluno da Escola de Criação, da qual se formou em abril de 2009. Em seguida, como quem acompanha o blog deve lembrar, Rogério foi um dos diretores de cena do premiado filme “Faça o melhor” – que anunciu o novo posicionamento da ESPM.

Mas o projeto, intitulado ”Um pedido incomum”, começou, de fato, no final do ano passado. E sabe como? Com um super incentivo de dois professores da Escola! ”O professor Alfredo Barros me disse: ‘Tens que fazer um filme. Se fizeres, eu monto ele pra ti’. Alguns dias depois, no jantar da propaganda, o professor Rogério Abreu me falou: ‘Ainda vou fazer direção de arte pra ti’. Ouvir isto de dois mestres que admiro e que já são super reconhecidos em seus trabalhos só me fez despertar o sonho e ter a segurança de poder realizá-lo”, conta Rogério. Bacana, né?

Um pedido incomum

A partir daí, tudo aconteceu de forma rápida: o roteiro foi adaptado a partir de um original escrito por seu irmão, Gilson Rodrigues; a produção foi encabeçada pela cooperativa carioca COOPAS Multimagem / Veja TV; e o filme passou a intergar o projeto Cinema Maior, pacote de seis longas de baixo orçamento e gêneros diferentes, realizado em parceria entre Eraldo Canani, da Arena Patrocínio e Investimento, e Paulo Nascimento, da Accorde Filmes.

Hoje, além de Rogério Abreu na direção de arte e Alfredo Barros na montagem, o projeto ainda conta com o professor Kiko Ferraz na supervisão de som, e tem o apoio acadêmico da ESPM, envolvendo seus núcleos na elaboração do plano de comunicação e o setor de RTVC como apoio no processo de produção.

As gravações devem acontecer entre maio e junho de 2011, com participações já confirmadas dos atores globais Ildi Silva e Werner Schünemann. Te mete, hein!

Ah, e Rogério avisa: eles estão procurando empresas gaúchas investidoras, por meio dos mecanismos de incentivo a cultura. Fica a dica.

Gostou? Compartilhe: