Apartamento fechado desde 1942 é descoberto em Paris

Apartamento fechado desde 1942 é descoberto em Paris / foto: reprodução

Um apartamento abandonado em 1942 foi descoberto recentemente em uma zona nobre de Paris. A dona se viu obrigada a desocupá-lo para fugir ao sul da França durante a Segunda Guerra Mundial. Deixando seus pertences para trás, a atriz Marthe De Florian, conhecida à época como Madame De Florian, nunca mais retornou à Paris, mas seguiu pagando as contas do apartamento até sua morte, aos 91 anos.

O local, inabitado por 70 anos, foi aberto por especialistas encarregados de fazer o inventário dos pertences da falecida atriz no ano de 2010. A casa estava repleta de móveis, objetos de decoração como animais empalhados (sinônimo de riqueza na época) e outros artefatos pouco comuns nos dias de hoje, fato que rendeu à moradia o apelido de “Cápsula do Tempo”.

Entre os objetos pessoais de Madame De Florian havia uma pintura retratando a própria dona, feita pelo artista italiano Giovanni Boldini. A peça foi retirada do local e leiloada por €2,1 milhões, um valor recorde para o pintor.

De Florian foi uma atriz com uma longa lista de admiradores e guardava as cartas de amor que eles lhe mandavam envolvendo-as em fitas. Entre os admiradores, o pintor italiano, que fez questão de eternizar a imagem da atriz em 1898.

Veja as fotos do apartamento intocado e da obra de Giovanni Boldini:

Gostou? Compartilhe: